Imunidade em dia pode ajudar a prevenir doenças infecciosas como o Coronavírus

Imunidade em dia pode ajudar a prevenir doenças infecciosas como o Coronavírus

A famosa canja de galinha, o prato colorido com os legumes da estação, a inclusão de frutas no cardápio e a ingestão de muita água são as dicas dos nossos especialistas para manter o organismo saudável A alimentação equilibrada é uma aliada para evitar ou amenizar os sintomas de doenças infeciosas, entre elas o Coronavírus. Principalmente quando as temperaturas baixarem, é muito importante manter a imunidade em dia. O organismo gasta muito mais energia para manter a temperatura corporal e quem estiver com a imunidade baixa dificilmente escapa das gripes e resfriados.  Nesse post, vamos trazer algumas dicas preciosas que vão ajudar nossos beneficiários a cuidarem da saúde, com foco na prevenção não só do Coronavírus mas também de outros tipos de gripes.  A primeira delas é resgatar as receitas da vovó e investir na canja de galinha. A sugestão é da nutricionista Ana Paula Maia, da Clinipam. “O cozimento da carne libera a cisteína, um aminoácido não-essencial que auxilia a manter o bom funcionamento do sistema de defesa do organismo”, diz. Vale caprichar no tempero: o alho é reconhecido por sua ação anti-inflamatória e antibacteriana, além de conferir muito mais sabor a qualquer preparo. Os pratos coloridos também são indispensáveis para quem quer adotar um estilo de vida saudável: “frutas, verduras, legumes e grãos integrais são fundamentais para fortalecer a imunidade”, conta Ana Paula.  Os alimentos sazonais são uma ótima pedida, conforme a nutróloga Raquel Branco Breda, também da Clinipam. “Por respeitarem o ciclo natural de amadurecimento, os “frutos da época” são mais saborosos e mais ricos em nutrientes. Vale apostar em carambola, kiwi, laranja-lima, tangerina, abóbora, cogumelos, agrião, couve e mandioca, por exemplo”, afirma.  Muita água nessa hora!  A hidratação também é muito importante para manter o bom funcionamento do organismo. Afinal, a água contribui para que os nutrientes circulem pela corrente sanguínea. Se as temperaturas mais baixas dificultarem a ingestão da água, recorra às bebidas quentes como os chás. Eles inclusive ajudam a aliviar os sintomas de desconforto nasal, favorecendo a secreção do muco.  

Nota Oficial - Coronavírus

Nota Oficial - Coronavírus

A Clinipam informa que foi confirmado o primeiro caso de Coronavírus (Covid-19) atendido em uma de suas unidades. Um morador de Curitiba, de 15 anos, apresentando sintomas gripais leves. O adolescente retornou da Itália (Milão, na Região da Lombardia), no dia 6 de março de 2020, após estadia de um mês no continente europeu.O paciente compareceu em nosso pronto-atendimento, no dia 8 de março, em Curitiba, no Paraná, com os sintomas acima citados. Na ocasião, todas as medidas de prevenção e segurança foram adotadas na unidade hospitalar. A equipe assistencial do pronto atendimento seguiu com rigor todos os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde (OMS) para oferecer o atendimento apropriado e garantir a segurança do paciente e de todos os profissionais envolvidos.  Desde o dia 8 de março, encontra-se isolado, em casa, passa bem e continua sendo monitorado pela operadora.  Curitiba, 12 de março de 2020.Para mais informações para a imprensa:Lumière ComunicaçãoGiovana Chiquim (41 99583-4827)Marketing Clinipam Jaqueline Gluck ( 41 99896-7541)

Clinipam apresenta Circuito Curitiba de Corrida infantil

Clinipam apresenta Circuito Curitiba de Corrida infantil

A primeira etapa do Circuito Curitiba de Corrida infantil está quase aí! Com patrocínio da Clinipam, o evento será dia 5 de abril, a partir das 8 horas. As inscrições são gratuitas e podem participar crianças nascidas entre 2003 e 2014. Na primeira edição, a novidade é o local de prova, que será no Passeio Público. Considerado um grande monumento histórico da cidade, ele foi o primeiro parque de Curitiba e o primeiro zoológico, além de já ter se chamado Jardim Botânico no século passado. O objetivo da corrida é estimular a prática de atividade física e democratizar o acesso à corrida para crianças de todas as idades, classes sociais e necessidades físicas.  Além disso, a corrida infantil vem com o propósito de diminuir o índice de obesidade entre os jovens. No mundo, o índice de obesidade entre crianças e adolescentes de 5 a 19 anos segue aumentando. No Brasil, 13% dos meninos e 10% das meninas na mesma faixa etária sofrem com obesidade ou sobrepeso. As inscrições devem ser realizadas entre os dias 16 e 20 de março, diretamente pelo site da Prefeitura de Curitiba, apenas para os nascidos entre 2003 e 2011. Os pequenos que nasceram entre 2012 e 2014 também poderão participar de atividades no dia da corrida. Para eles, a inscrição será presencialmente, no dia do evento. O circuito é completamente inclusivo a todas as necessidades especiais. Então chame a família toda e venha correr com a gente! Para ler o regulamento da competição, clique aqui. Acompanhe as nossas redes e as da Prefeitura de Curitiba para ficar por dentro de todas as novidades sobre o circuito. Ser criança é não ficar parado!Este evento é uma super parceria entre Clinipam, Prefeitura de Curitiba e a Secretaria de Esportes, que são os grandes organizadores do circuito.

Saúde da mulher: primeiro cuide de você para poder cuidar bem do outro

Saúde da mulher: primeiro cuide de você para poder cuidar bem do outro

Neste mês, em que é comemorado o Dia Internacional da Mulher, a Clinipam deseja despertar em suas clientes a vontade de cuidar da própria saúde, física e mental; hoje trazemos dicas para incentivar o público feminino a olhar para si com mais amor Quem convive com crianças pequenas percebe facilmente que as meninas apreciam brincar com as bonecas, embalando-as e oferecendo cuidados como se de fato estivessem diante de um bebê. Elas também gostam de brincar de fazer comida com as panelinhas e repetem até o papel das professoras, contando histórias para seus ursinhos de pelúcia. Isso porque, desde cedo, as mulheres são preparadas para serem cuidadoras. Esse zelo com o outro está enraizado culturalmente no padrão de comportamento do gênero feminino - geralmente mais sensível e acolhedor, na comparação com os homens. Daí entendemos por que, muitas vezes, na vida adulta, as mulheres ocupam seus dias se dedicando aos outros e esquecem de olhar para si mesmas.  E nesse mês de março, em que comemoramos o Dia Internacional da Mulher, queremos conversar com elas sobre a importância de investir um tempo na sua própria saúde. Afinal, é preciso sentir-se bem e disposta para conseguir dar a devida atenção aos seus pais, companheiros e filhos – algo que é tão importante para a realização das mulheres que carregam no DNA o instinto maternal.  Reunimos aqui algumas dicas que vão ajudar o público feminino a ter mais saúde, qualidade de vida e sensação de bem-estar: 1. Adoção de hábitos saudáveis A alimentação equilibrada e a prática de exercícios físicos são atitudes básicas para quem quer viver mais e melhor. O controle do peso não é somente uma questão estética, mas de saúde. A obesidade é porta entrada para doenças crônicas como diabetes, hipertensão, Acidente Vascular Cerebral (AVC) e aumento no índice de colesterol e triglicerídeos, que elevam o risco de doenças cardiovasculares. No hall da adoção dos hábitos saudáveis podemos citar também a ingestão de água, que é fundamental para que o metabolismo, as atividades celulares e o funcionamento do intestino se mantenham saudáveis. O recomendado é que sejam ingeridos, ao menos, 2 litros de água diariamente.  O sal, em excesso, é mais um vilão da saúde feminina por provocar retenção de líquidos, que causa inchaço em diversas regiões do corpo, como pés e barriga, além de aumentar a chance de hipertensão. O tabagismo também é um dos maiores inimigos da saúde e está associado ao aparecimento de tumores. O cigarro é considerado um fator de risco para o câncer de pulmão e ainda pode desencadear outros tumores, como os de boca, de estômago, de laringe e de pâncreas. Além disso, uma pesquisa recente do Centro para Pesquisa em Câncer, em Seattle, nos Estados Unidos, aponta que há cada vez mais evidências de que o tabaco pode elevar as chances do tipo mais comum de câncer de mama em mulheres de até 44 anos. 2. Cuide da saúde mental Cultivar uma mente sadia é primordial para que a vida possa ser vivida da melhor maneira em todos os momentos. A literatura científica aponta que a mulher apresenta vulnerabilidade marcante em relação a sintomas como ansiedade e depressão, especialmente associados ao período reprodutivo.A depressão é, comprovadamente, a doença que mais causa incapacitação em mulheres, tanto em países desenvolvidos como naqueles em desenvolvimento. Para se ter uma ideia da gravidade desse problema, a morte por suicídio, no mundo todo, é a segunda causa de morte para mulheres na faixa de 15 a 44 anos de idade.No caso das mulheres idosas, há ainda a questão do isolamento social e transtornos emocionais devido à aposentadoria, à viuvez, às alterações fisiológicas, e dos sofrimentos provocados por uma sociedade que supervaloriza a juventude e desvaloriza as marcas do envelhecimento feminino. Por isso, em casos de comportamento depressivo e ansioso, episódios recorrentes de insônia e estresse, é muito importante procurar ajuda. 3. Realização de exames periódicos Todo mundo já sabe: é melhor prevenir que remediar. Por isso, as visitas ao seu médico de confiança são importantes para planejar e fazer qualquer rotina preventiva pode realmente trazer benefícios. 4. Cultive a autoestima A forma como nos sentimos acerca de nós mesmos é algo que afeta crucialmente todos os aspectos da nossa experiência, desde a maneira como agimos no trabalho, no amor, nas amizades e até o modo como atuamos como pais. Por isso a autoestima é tão importante e reflete em cada aspecto da vida. O valor dado a cada pessoa por si mesma é fundamental para o bem-estar mental e físico. Os pilares da autoestima são: autoaceitação, autoconfiança, rede de convivência social, aprender a eliminar a culpa, ter autocompaixão com os próprios erros, não se comparar com os outros, viver o presente, agradecer todas as coisas boas e comemorar as vitórias – mesmo aquelas que aos olhos dos outros possam parecer pequenas, como cumprir uma meta de emagrecimento ou de praticar exercícios físicos. 5. Reserve um tempo para você Reserve na sua agenda um momento para encontrar-se consigo mesmo. As mulheres precisam compreender que elas mesmas são o que há de mais importante, ou seja, precisam levar a sério a si mesmas, sem guardar sua preocupação apenas para o trabalho, família ou afazeres domésticos. Defina na semana um tempo só para você e escolha algo que lhe traga prazer - tomar café com uma amiga, caminhar no parque e ouvir sua play list preferida, ler um livro, assistir um filme, fazer uma massagem relaxante ou ir à sauna. A vida é curta demais para deixarmos de lado as coisas que mais gostamos.Agora que você já sabe como cuidar de si mesmo recomece do zero: temos 10 meses em 2020 para mudar nosso comportamento. Faça um planejamento e inclua na sua rotina, pelo menos, boa parte do que você leu nesse texto. O propósito da Clinipam é oferecer o melhor para cuidar do bem mais preciso dos nossos beneficiários: a sua saúde. Por isso, nos preocupamos em apontar os caminhos para manter sou corpo e sua mente saudável.E já que em março comemoramos o Dia Internacional da Mulher, escolhemos um texto de Carlos Drummond de Andrade que demonstra como as mulheres são, verdadeiramente, fantásticas! Boa leitura. As Mulheres São Fantásticas A mãe e o pai estavam assistindo televisão quando a mãe disse: – Estou cansada e já é tarde. Vou me deitar. Foi à cozinha fazer os sanduíches para o lanche do dia seguinte na escola, passou água nas vasilhas das pipocas, tirou a carne do freezer para o jantar do dia seguinte, confirmou se as caixas de cereais estavam vazias, encheu o açucareiro, pôs tigelas e talheres na mesa, e preparou a cafeteira do café para estar pronta pela manhã. Pôs ainda umas roupas na máquina de lavar, passou uma camisa a ferro, pregou um botão que estava caindo. Guardou umas peças de jogos que ficaram em cima da mesa, e pôs o telefone no lugar. Regou as plantas, despejou o lixo, e pendurou uma toalha para secar. Bocejou, espreguiçou-se e foi para o quarto. Parou ainda no escritório e escreveu uma nota para a professora do filho, envelopou junto com o dinheiro para pagamento de uma visita de estudo e apanhou um caderno que estava caído debaixo da cadeira. Assinou um cartão de aniversário para uma amiga, selou o envelope, e fez uma pequena lista para o supermercado, colocou ambos perto da carteira. Nessa altura, o pai disse lá da sala: – Pensei que você tinha ido se deitar. – Estou a caminho – respondeu ela. Pôs água na tigela do cão e chamou o gato para dentro de casa. Certificou-se de que as portas estavam fechadas. Passou pelo quarto de cada filho, apagou a luz do corredor, pendurou uma camisa, atirou umas meias para o cesto de roupa suja e conversou um bocadinho com o mais velho que ainda estava estudando no quarto. Já no quarto, acertou o despertador, preparou a roupa para o dia seguinte e arrumou os sapatos. Depois lavou o rosto, passou creme, escovou os dentes e acertou uma unha quebrada. A essa altura o pai desligou a televisão e disse: – E foi. Sem mais nada. Vou me deitar.

Anne é uma das borboletas mais belas no jardim da Clinipam

Anne é uma das borboletas mais belas no jardim da Clinipam

Os olhos azuis de Annegret Buerger, mais conhecida como Anne entre os colaboradores da Clinipam, ficam marejados imediatamente quando ela começa a contar a sua trajetória na operadora. São 33 anos dedicados à empresa, com muito amor. E esses mesmos olhos azuis lacrimejados que traduzem a emoção dessa caminhada, são testemunhas oculares da história da companhia. A Clinipam nasceu pequena, no Shopping Mueller, e começou a dar os primeiros passos quando transferiu sua sede para a Avenida Visconde de Guarapuava. Foi nesse momento que Anne ingressou na operadora. Era uma espécie de faz tudo: atendia telefones, marcava consultas, agendava exames, organizava os prontuários e dava as boas vindas aos clientes, com um sorriso largo no rosto, típico de quem ama o que faz.  “Naquela época, tudo era feito na ponta do lápis”, relembra a senhora saudosista do tempo em que todos os processos administrativos e burocráticos de um consultório médico eram feitos à mão, sem a ajuda dos softwares e dos computadores.   A memória afiada de Anne reflete a saúde mental da senhora de 76 anos, que jamais parou no tempo. Fez apenas uma capacitação para se tornar recepcionista e todo o resto aprendeu e continua aprendendo na prática, diariamente.   Desde que entrou na operadora, já teve um contato bem próximo com toda a equipe, que considera sua segunda família. E essa conexão, para ela, é tão forte quanto aquela relacionada aos laços sanguíneos. Esse vínculo é resultado do convívio diário, pautado no respeito, na empatia e no espírito de parceria, que norteiam o cotidiano das pessoas que, como ela, transformaram a Clinipam na sua segunda casa.  Esse amparo recebido por Anne na esfera do trabalho foram responsáveis por sua evolução como colaboradora da Clinipam e como pessoa. Todo esse processo pode ser comparado à jornada das borboletas, como reflete o escritor Rubem Alves. Nas palavras dele: “não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses”.  E foram as pessoas, que passarem pela vida daquela jovem recepcionista no ambiente de trabalho que a moldaram nesse ser humano incrível e tão especial. Devota a Deus, uma das coisas que mais gosta hoje em dia é observar o rosto dos transeuntes na Rua XV - endereço onde exerce a função de telefonista agora na Clinipam. Ela se admira, com tantas feições, tão diferentes, tão raras, frutos da imaginação do nosso Criador.  As pessoas sempre foram o referencial de vida para Anne. E na Clinipam, além de não abrir mão da convivência com os colegas de trabalho, gostava muito do contato com os pacientes. “Me fazia muito bem poder dar uma palavra de consolo para aqueles que chegavam até o balcão de atendimento fragilizados, em virtude de um problema de saúde. Eu sempre trazia palavras de esperança e depois eles voltavam para me agradecer. Ganhei tantos presentes, muitas caixas de bombons e até um anel de prata. Nem sei se merecia tudo isso”, argumenta Anne.  Foi esse amor, essa troca e essa reciprocidade encontrada no dia a dia na Clinipam que alimentaram o sentimento de pertencimento à empresa e que conduziram Anne a sua emancipação. Como na descrição da vida da borboleta, feita por Rubem Alves, a então recepcionista logo ganhou asas. Na quietude ela se libertou e, em pequenos atos, mostrava como, na sua função, também ocupava um papel de liderança.  Esse comportamento pode ser observado quando Anne conta – com muita alegria - alguns episódios. Nas greves dos ônibus ela tomava iniciativa e o controle da situação para manter, a todo custo, o bom funcionamento da Clinipam. Pilotando seu fusca branco, conseguia chegar em tempo para abrir a unidade e não deixar nenhum paciente na mão.  E é por isso que Anne continua sendo uma referência na empresa. Depois de passar pela sede da Vicente Machado e pelo Hospital Ônix, está lotada na Rua XV, no edifício Sul Banco, onde funciona a sede administrativa da empresa. Lá ela divide seu tempo entre os telefonemas e algumas tarefas administrativas.  Aos 76 anos, Anne conserva o vigor da juventude na aparência e no comportamento. Cabelos e unhas feitas e a pele muito bem cuidada, refletem a personalidade de alguém que está em paz com a vida. Durante a semana faz caminhadas para cuidar da saúde e passa suas horas de folga na companhia do namorado. Nos finais de semana almoçam fora e os pratos prediletos de Anne são lasanha, carne assada, peixes e quitutes da culinária alemã, da qual é descendente.  Os dois têm rodinha nos pés. Quando não estão por aí no Fusca Branco, de grande estimação, encontram disposição para viajar para Quedas do Iguaçu, onde mora parte da família na nossa senhora aventureira, e para Santa Catarina, sua terra Natal. Pomerode e Camboriú são os destinos preferidos. O fato da expansão da Clinipam para o solo catarinense, inclusive, enche Anne de orgulho. “Eu dizia para minha mãe, que faleceu em agosto de 2019: agora tem Clinipam em Pomerode.”  Com tanto entusiasmo, Anne não pensa em parar. A aposentadoria não está nos planos dela. “Vou continuar na Clinipam até quando Deus quiser”, finaliza. Anne, especialmente neste mês em que comemoramos o Dia Internacional da Mulher, queremos dizer que a senhora é uma inspiração para todos nós! Obrigada por compartilhar toda sua energia positiva conosco, diariamente. Seu profissionalismo foi essencial no nosso passado e continua sendo no tempo presente. E que o futuro nos reserve muitos momentos especiais aqui, onde a senhora considera ser seu segundo lar. Queremos muito contar com sua dedicação nos próximos capítulos da história da Clinipam.  

Evite fraudes ao retirar a 2ª via do seu boleto

Evite fraudes ao retirar a 2ª via do seu boleto

No site da Clinipam você consegue emitir a 2ª via do seu boleto, garantindo uma forma simples e prática de realizar o pagamento do seu plano de saúde. Mas, é preciso estar atento para evitar fraudes. Preparamos algumas dicas para te auxiliar nisso: 1. Verifique no boleto extraído se o código do banco é 033-7, referente ao Santander (conforme indicado na imagem abaixo); 2. Sempre verifique se seus dados estão preenchidos corretamente no boleto, assim como o valor a ser pago; 3. Muitas fraudes ocorrem devido à presença de vírus no computador ou aparelho em que é realizado o acesso ao site. Sempre use uma máquina de confiança e utilize um antivírus; 4. Realize a adesão ao boleto digital através do SAC (41) 3021-3001, assim o boleto sempre será enviado para o e-mail de cadastro.

Mudanças de atendimento na rede credenciada em Santa Catarina

Mudanças de atendimento na rede credenciada em Santa Catarina

Alteração de atendimento nos exames por imagens em ItajaíA partir de agora, os beneficiários de Itajaí e região contam com o Centro Diagnóstico São Lucas para realização de exames por imagens, como densitometria óssea, mamografia, radiografia e ressonância magnética.  A Clínica está situada na Rua Lauro Muller, 110, no Centro de Itajaí e, na Avenida do Estado, 1555, no bairro Pioneiros em Balneário Camboriú. A Clínica São Lucas substituiu os serviços da Clínica CMI. Alteração de atendimento de ortopedia no Plano Plus IAgora os beneficiários do Plano Plus I podem se consultar com a especialidade de ORTOPEDIA na própria unidade Clinipam.A partir de agora, os beneficiários que têm o Plano Plus I devem se dirigir à Unidade Clinipam em Jaraguá do Sul, que fica no Centro, para realizar uma consulta com ortopedistas.  Além de centralizar o atendimento ao paciente na unidade, com cuidados médicos integrados, essa mudança ocorreu porque a Clínica COE foi descredenciada para os beneficiários deste plano. Para trazer mais praticidade para os clientes, eles serão atendidos na Unidade Clinipam por dois médicos ortopedistas que já prestavam atendimento na Clínica COE.  Para os beneficiários dos planos PLUS II E PREMIUM, a Clínica COE continua atendendo normalmente.Alteração rede credenciada Plano Plus ITivemos mudanças em nossa rede credenciada no Plano Plus I. A partir de 01/03/2020, os beneficiários de Jaraguá do Sul e região contarão com as seguintes opções de atendimento: Agora, a referência em UROLOGIA é:Clínica UROCENTRO(Dr. Lucas Sfier Galdino e Dr. Raphael Lahr Vasconcellos Sampaio)   _____Jaraguá do Sul: Rua Amazonas, 75               (47) 3273-0800Guaramirim: Rua João Butschardt 855 - sala 855            (47) 3373-1923Pomerode: Rua Hermam Weege-2727            (47) 3395-3892Agora, a referência em NEUROCIRURGIA é:INTERCLÍNICAS Centro Clínico(Dr. Cleber Roberto Paes e Dr. Jacques Dieter Bayerl)_____Jaraguá do Sul: Rua Amazonas, 75                (47) 3371-0503 e (47) 3275-9100

Grupo NotreDame Intermédica conclui compra da Clinipam e expande operação própria para região Sul

Grupo NotreDame Intermédica conclui compra da Clinipam e expande operação própria para região Sul

Com a aprovação dos órgãos reguladores ANS e Cade, o GDNI passa a deter 100% de cada uma das sociedades que compõem o Grupo Clinipam São Paulo, 07 de fevereiro de 2020 – Após receber a aprovação dos órgãos reguladores - ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) e CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) -, no último dia 15 de janeiro, o Grupo NotreDame Intermédica (GNDI) concluiu a compra da Clínica Paranaense de Assistência Médica – Clinipam, maior grupo independente de saúde suplementar e com Rede Própria de atendimento na região Sul do País. A assinatura do contrato de compra do Grupo Clinipam foi realizada nesta sexta-feira, 07/02, e representa a primeira aquisição fora do eixo Rio-São Paulo. Com a aquisição, o GNDI passa a deter 100% de cada uma das sociedades que compõem a Clinipam e vai incorporar uma estrutura moderna e extensa que inclui 2 Hospitais, 4 Unidades de Pronto-Atendimento 24 horas, 19 Centros Clínicos, 1 Centro de Diagnóstico por Imagem, 1 Centro de Tratamento Preventivo e 10 Laboratórios de Análises Clínicas. Além de toda estrutura física, somam-se aos atuais 5,4 milhões de beneficiários do GNDI mais de 330 mil vidas que compõem a carteira do Grupo Clinipam.Este movimento fortalece ainda mais a missão do GNDI de tornar saúde de qualidade acessível a gerações de brasileiros que, agora, atenderá outra fatia da população, majoritariamente na grande Curitiba e na região do Vale do Itajaí de Santa Catarina. Com isso, cumpre seu objetivo de dar continuidade a estratégia de crescimento e fortalecimento da Rede Própria em novas praças além do Sudeste. Com mais de 50 anos de atuação no mercado, o Grupo NotreDame Intermédica é considerado, hoje, uma das maiores empresas de saúde suplementar do Brasil, tendo concretizado nos últimos anos importantes movimentos de expansão e qualificação.Com o Grupo Clinipam, “queremos dar continuidade a nossa estratégia de crescimento e fortalecimento da nossa Rede Própria em novas praças além do eixo Rio-São Paulo. Esta união nos permitirá levar nossa experiência de atendimento verticalizado e focado no acolhimento diferenciado a uma importante parcela da população brasileira, somada à experiência de atendimento em saúde de uma outra potente e bem sucedida plataforma verticalizada que é a Clinipam, com oportunidades de ganhos operacionais e administrativos, bem como relevante potencial de expansão regional – tanto orgânica quanto inorgânica”, destaca Irlau Machado Filho, presidente do Grupo NotreDame Intermédica.Irlau Machado Filho ainda ressalta a satisfação em relação a esse novo momento, principalmente, em razão da extraordinária história de sucesso da Clinipam, além da oportunidade que o GNDI terá de contribuir com essa nova jornada que se inicia hoje. “Em diversas situações durante o processo de conhecimento da empresa, pudemos perceber a altíssima reputação da Clinipam frente aos seus clientes e ao mercado, com feedbacks muito positivos sobre processos bem estabelecidos e estruturados. Esta percepção nos faz ter uma expectativa muito grande de que juntos conseguiremos realizar um trabalho cada vez melhor em prol da saúde e conquistar novos negócios.”Para iniciar a operação própria na região Sul, à frente do time Clinipam ficará o executivo Mario Sergio Saddy, que já faz parte do GNDI, e possui ampla experiência profissional na área da Saúde, com passagens por empresas como Sulamérica e Amil; além de um Conselho Consultivo que terá a participação dos dois fundadores e antigos proprietários da Clinipam, os médicos Dr. Gilton Guilgen e Dr. Cadri Massuda. Eles irão colaborar com todo o know-how adquirido ao longo de mais de 30 anos como executivos da Clinipam para garantir a continuidade do sucesso do negócio.O presidente do GNDI, Irlau Machado Filho, destaca o quanto o Grupo tem caminhado na contramão do setor da Saúde e de outros segmentos ao apresentar um crescimento exponencial e sustentável nos últimos anos. “Esse movimento se deve, sobretudo, ao amplo trabalho e à gestão eficiente de cada equipe assistencial e administrativa do GNDI. Estamos confiantes do forte potencial de expansão na região Sul, onde juntamente com o time da Clinipam pretendemos continuar atuando com a mesma qualidade e responsabilidade”, finaliza.Sobre o GNDI? Reconhecidamente sólido, o Grupo?NotreDame?Intermédica (GNDI) possui mais de 50 anos de atuação na área da Saúde. A companhia é pioneira em Medicina Preventiva e, por meio de programas estruturados, trabalha para oferecer saúde integral com acolhimento aos seus 5,4 milhões de beneficiários, além de promover qualidade de vida e bem-estar, e incentivar a adoção de hábitos saudáveis. Mais informações acesse: www.gndi.com.br 

A doação faz parte da estrada da vida de Adilson, motorista do Projeto Acolher

A doação faz parte da estrada da vida de Adilson, motorista do Projeto Acolher

Adilson Klein, 39 anos, é o motorista do Projeto Acolher na Clinipam. É ele quem dá as boas-vindas e começa o atendimento dos pacientes de Santa Catarina que precisam se dirigir até Curitiba para fazer exames, consultas e cirurgias.Paciente e bom comunicador, adquiriu essas habilidades quando trabalhou no pós-venda numa empresa que comercializava carros. E esse talento, de saber se relacionar bem com as pessoas, é fundamental para a função que ocupa na operadora de saúde desde 17 de outubro de 2018, logo após a aterrisagem da Clinipam em solo catarinense. Muitas vezes, os pacientes que precisam se deslocar para o atendimento médico na capital paranaense já estão fragilizados, por conta dos problemas de saúde, e ainda sentem insegurança pelo fato de precisarem viajar com alguém desconhecido no comando da direção.É nessas horas que toda a empatia de Adilson faz a diferença: no primeiro contato com os pacientes ele explica que a viagem será tranquila, no limite da velocidade, com muita segurança. Como ele próprio diz, todos precisam voltar para casa sãs e salvos para cuidar da sua família, inclusive o motorista. E é esse carinho e amor ao próximo que o profissional transmite para os doentes, já na primeira impressão, que os tranquiliza para pegar a estrada. O sorriso e a disposição de Adilson são capazes de desfazer qualquer cara amarrada dos passageiros.O reconhecimento à dedicação do motorista por parte de pacientes aparece em forma de presentes, muitas vezes bem inusitados, como ovos caipira, vidros de conserva, e até chá de espinheira santa. Seu Enio caiu de moto, rompeu o ligamento do braço direito e teve várias fraturas no fêmur. Por conta disso, precisou fazer o trajeto Jaraguá do Sul – Curitiba por diversas vezes.Com limitações físicas severas, o paciente já precisou ser levado até sua cama por Adilson após procedimentos cirúrgicos. E na conversa durante as viagens, nasceu uma amizade verdadeira. Seu Enio conhece os problemas de Adilson e faz a parte dele para ajudar e demonstrar sua gratidão: as folhas de espinheira santa, por exemplo, foram recomendadas pelo paciente para tratar a dor de estômago do motorista.Nessa relação de afeto, a preocupação com o outro é uma via de mão dupla. Adilson pretende levar o amigo até o Morro da Antena, um ponto turístico de Jaraguá do Sul, com o próprio carro. Lá tem uma igreja que Enio quer conhecer, mas o acesso é difícil e o transporte em modelos 4x4 oferecem mais conforto no trajeto.Fazer o bem sem olhar a quem poderia ser a frase escolhida por Adilson para nortear sua vida. Seu Enio é apenas mais um dos felizardos que cruzaram os caminhos do motorista. Cuidar dos outros é uma vocação que parece estar no seu DNA, já que, no tempo ocioso, trabalha como bombeiro voluntário. Não importa que não receba recompensa monetária, porque a sensação de ajudar os outros é mais valiosa e não tem preço, na visão do motorista da Clinipam.Mesmo com a rotina atribulada, Adilson ainda tem tempo de praticar o esporte que mais gosta: a canoagem. Ele é presidente do Clube de Canoagem Canoagem Kentucky e já angariou novos sócios para a entidade, entusiasmados por ele durante as viagens de trabalho. O motorista já foi um competidor do esporte e agora transmite tudo o que aprendeu sobre a modalidade ao seu filho.Em todos os campos da vida de Adilson, a doação do seu tempo está sempre presente. E nós, da Clinipam, somos privilegiados por ter alguém com esse perfil tão solidário no nosso quadro de colaboradores!Clique aqui e conheça também a história de Rubens Lieto Massuda e seus 35 anos de Clinipam 

Envelhecimento ativo: já ouviu falar disso?

Envelhecimento ativo: já ouviu falar disso?

Hábitos alimentares e estilo de vida atuais vão definir como será sua saúde no envelhecimento; a Clinipam preparou algumas dicas para te ajudar a viver com mais qualidade de vida em todas as fases. Comece já!Você sabia que até 2025 o Brasil será o sexto país do mundo em número de idosos? Essa informação é da Organização Mundial da Saúde (OMS). Entre 1980 e 2000 a população com 60 anos ou mais cresceu 7,3 milhões, totalizando mais de 14,5 milhões no começo da última década. Além disso, a própria média da expectativa de vida também aumentou acentuadamente no país. No entanto, para que a população viva melhor e possa usufruir com qualidade de vida dos anos a mais, é preciso pensar na saúde desde já. Afinal, em qualquer etapa da vida é aconselhável praticar atividades físicas no cotidiano e no lazer, adotar uma alimentação equilibrada, reduzir o consumo de álcool e eliminar o tabagismo. Essas atitudes são bem simples e vão contribuir para um envelhecimento saudável com um ganho substancial em qualidade de vida e saúde. E quando falamos em envelhecimento saudável não podemos esquecer que essa é uma escolha individual, ou seja: a mudança de hábitos e a adoção de um estilo de vida saudável só depende de você. E se quisermos que o envelhecimento seja uma experiência positiva devemos investir naquilo que a OMS chama de “envelhecimento ativo” desde já. Mas, na prática, o que isso significa? O envelhecimento ativo incentiva as pessoas a perceberem o seu potencial para o bem-estar físico, social e mental ao longo do curso da vida e não apenas quando chegam à idade avançada. Trocando em miúdos, é hoje que começamos a definir a saúde que vamos ter amanhã. Vale lembrar que a palavra “ativo” não diz respeito apenas á ideia de movimento físico. Viver ativamente significa continuar contribuindo – mesmo que no papel de aposentados ou com algumas doenças e limitações – com seus familiares, amigos e com a comunidade. Afinal, como diz a antiga expressão que deriva do latim, “mente sana corpo sano”, a saúde é resultado do bem-estar do corpo e da mente. Atividades de lazer e o convívio social também são essenciais quando falamos da saúde dos idosos. E se você que está lendo esse texto já está pensando no envelhecimento ativo, a sugestão da Clinipam, que se preocupa com a saúde dos seus beneficiários de forma integrada, a primeira medida é a mudança de hábitos!  Adote um estilo de vida saudável A sua saúde é determinada, em grande parte, por seu estilo de vida. Muitas doenças podem ser evitadas ou controladas com a ajuda de uma alimentação saudável e exercícios físicos regulares, como hipertensão, problemas cardiovasculares, diabetes, entre outras.  Os exames médicos de rotina também devem ser levados a sério. O diagnóstico precoce favorece a cura de várias doenças, como o câncer. Visite regularmente seu médico de família e faça os exames que ele julgar necessário. Siga nossas sugestões, passo a passo, e melhore a sua qualidade de vida em qualquer fase da vida: - Escolha uma alimentação equilibrada (prefira alimentos in natura aos industrializados). - Inclua exercícios na sua rotina. - Durma bem: o sono é um aliado da saúde. - Monitore o estresse: procure formas de relaxar e aliviar a tensão diária. - Reserve momentos para o lazer. - Abandone o cigarro. - Consuma bebidas alcóolicas com moderação. - Evite a automedicação: procure seu médico de família quando não estiver se sentido bem. Como evitar o Alzheimer? Um dos males que mais causa pânico nas pessoas quando o assunto é o envelhecimento é o Alzheimer. Essa doença costuma aparecer com maior frequência a partir dos 65 anos. Acomete, principalmente, a população feminina e leva os pacientes a desenvolver um quadro de demência e perda da memória, que vai se agravando com o passar do tempo. O Alzheimer é uma doença caracterizada pela atrofia e deterioração lenta e progressiva do cérebro, o que acaba afetando as funções cognitivas, especialmente a memória. A locomoção, a deglutição e comunicação em casos mais avançados também são prejudicadas pelo mal de Alzheimer. A doença não rem cura e o tratamento consiste na preservação das funções cerebrais que ainda não foram afetadas, assim como amenizar sintomas como a depressão e a insônia. Além disso, essa enfermidade está associada a fatores genéticos. A boa notícia é que o Alzheimer, assim como grande parte das doenças crônicas, pode ser prevenido com a adoção de práticas saudáveis, como recomendamos logo acima. Outra dica é estimular a cabeça: manter a mente sempre ativa, com atividades que estimulam os pensamentos e a memória, é uma das principais maneiras de se prevenir do Alzheimer e evitar que essa doença avance. Investir em atividades intelectuais vão ajudar bastante na prevenção: aprender uma nova língua, tocar um instrumento musical, ler com frequência e se divertir com jogos de estratégia, como xadrez, palavras-cruzadas ou montar quebra-cabeças são uma boa pedida! Agora que você já está por dentro de tudo sobre o envelhecimento ativo, é só levantar do sofá, deixar a preguiça de lado e exercitar seu corpo e sua mente!