Voltar

Programa do CQV, da Clinipam, adota meditação para melhorar pressão arterial

Programa do CQV, da Clinipam, adota meditação para melhorar pressão arterial

Em meio a tantas doenças crônicas, dores e cartelas de medicamentos, às vezes, muito pacientes se questionam em como se manter saudáveis. E é nessas horas, de reflexão, que buscam outros recursos, que vão além da medicina convencional. Afinal, como prega o ditado popular “Mens sana in corpore sano”, corpo e mente precisam estar integrados para alcançar o equilíbrio e manter o organismo saudável. Em outras palavras, a própria definição de saúde, preconizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), também relaciona as duas coisas: “um estado de completo bem-estar físico, mental e social; e não somente ausência de afecções e enfermidades”. 
 Os tratamentos alternativos, que exploram a “ligação mente-corpo” cumprem bem esse papel e já são até recomendados pelos médicos - eles também acreditam que esse equilíbrio pode ser a chave para a tão sonhada saúde. O Mindfulness, por exemplo, pode ajudar em vários problemas.
A prática descende das tradições Budistas milenares e trabalha muito com as ideias de aceitação e abertura: é preciso aceitar os acontecimentos do presente como eles são e estar abertos a estes momentos, no mundo exterior e no nosso universo interno. A meditação é um dos pilares dessa técnica e se engana quem acha que a prática é indicada apenas para o relaxamento. Meditar aumenta nossa atenção e a capacidade de escolha e pode melhorar, por si só, a saúde física.

Os efeitos da Mindfulness já estão sendo percebidos em pacientes que sofrem de Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) e a Insuficiência Cardíaca. Os profissionais do Centro de Qualidade de Vida (CQV) da Clinipam apostam na técnica milenar em cooperação com os tratamentos da medicina convencional e criaram o grupo “Medita Coração”.
As atividades iniciam neste mês de agosto e são dirigidas para pacientes hipertensos . Os especialistas da Clinipam no assunto acreditam que o mindfulness diminui os níveis de cortisol, que é justamente o hormônio do estresse, um dos responsáveis pelo aumento da pressão arterial. Com o novo grupo, a equipe da Clinipam busca ampliar o bem-estar de pacientes que, mesmo com tratamento medicamentoso, ainda não atingiram um controle adequado da pressão arterial.
Serão cinco encontros, uma vez por semana, com turmas de até 12 pessoas. Além de ensinar a prática da meditação, o grupo Medita Coração vai orientar os participantes sobre hábitos importantes no controle de doenças crônicas.


Clique aqui e saiba mais sobre os grupos do CQV.

Veja mais notícias