O especialista



Esse profissional tem como objeto de estudo a saúde humana, procurando entender as disfunções do corpo e buscando os melhores procedimentos possíveis para a prevenção e combate de doenças infecciosas. Especialista em diagnosticar, tratar e acompanhar os pacientes que estão infectados, o Infectologista é o médico que melhor entende das doenças causadas por bactérias, fungos, vírus, protozoários e outros micro-organismos.

A área de atuação do profissional pode ser na parte das imunizações, através da vacinação, diagnóstico e tratamento das doenças infecciosas, aconselhamento na prescrição de antibióticos e controle de infecção hospitalar.

A doença infecciosa



Esse tipo de doença pode ser causado pela invasão e reprodução de micro-organismos, bactérias, fungos, vírus, parasitas, etc, no corpo humano, que faz a vez de hospedeiro. Para ser detectada, é necessário que se realize exames clínicos e testes em laboratórios.

Se contagiosa, se torna muito perigosa quando se torna uma pandemia e atinge milhares de pessoas, como já aconteceu diversas vezes na história: a Peste Bubônica, que afligiu a Europa, bem como a Malária e a Febre Amarela, na África.

Principais doenças infecciosas

HIV/AIDS



Doença crônica em que os pacientes infectados necessitam de um acompanhamento, pois por mais que ainda não exista uma cura, há como controlá-lo e proporcionar uma vida perfeitamente normal a esse paciente.

Hepatite



As hepatites virais dos tipos A, B e C, também fazem parte do campo de atuação do Infectologista, pois o tratamento consiste na tentativa de eliminar o vírus do paciente, bem como estimular o sistema imunológico para combater o vírus através de medicação.

Febre



A investigação da doença febril pode ser feita pelo Infectologista, pois ela geralmente é um sintoma que vem acompanhado de uma doença infecciosa, além de ser comum no desenvolver de várias outras doenças. Febres que acontecem por períodos prolongados devem ser acompanhadas por um Infectologista e, em alguns casos, tratada com antibióticos imediatamente.

Prevenção ou tratamento



A vacinação correta, principalmente em crianças, é a primeira atitude preventiva que podemos ter, pois elas conferem uma proteção permanente. Outros fatores que podem facilitar a entrada de doenças infecciosas no nosso corpo, são: más condições de moradia e trabalho, educação sexual, alimentação adequada, higiene pessoal, saneamento básico, etc.


Consulte sempre um médico.

Guia Médico