Definição

Cirurgia é um procedimento médico realizado por médicos cirurgiões quando há a necessidade de algum tipo de intervenção manual ou instrumental no corpo do paciente devido a traumas – lesões corporais como acidentes, quedas, colisões e capotagens automotivas, ferimentos com armas brancas ou de fogo -, complicações no estado de saúde do paciente, ou como forma de prevenção.
 


Cirurgias podem ser consideradas quaisquer procedimentos realizados em uma sala de operações e que envolvem incisões, excisões, manipulação e/ou suturas de tecidos e, geralmente, requerem anestesia regional ou geral, ou sedação profunda para controle da dor no paciente.
O Especialista
O Cirurgião é um profissional formado em Medicina e tem como função realizar processos cirúrgicos que estejam de acordo com a sua especialidade. Ele pode ser Cirurgião Geral, possuindo conhecimentos acerca das diversas áreas da saúde humana, ou possuir certa especialização.
 


O Cirurgião Geral é quem, em caso de cirurgias de trauma, irá analisar previamente o paciente e indicar, se necessário, a atuação de um especialista no procedimento. Ele também é o responsável por cirurgias relacionadas a doenças mais comuns.
Algumas funções do Cirurgião são:
• Orientar o paciente no processo pré-operatório;
• Pedir e analisar exames necessários e complementares ao ato cirúrgico;
• Informar o paciente das melhores opções relacionadas ao processo cirúrgico;
• Passar todas as informações necessárias aos assistentes, enfermeiros, instrumentistas e demais profissionais envolvidos;
• Realizar o procedimento cirúrgico com segurança;
• Acompanhar o processo de recuperação pós-operatório.
Os principais tipos de cirurgia
As cirurgias podem ser realizadas em diversas situações e sob inúmeras circunstâncias, o que as torna complexas e conferem necessidade de profissionais preparados e treinados especialmente para procedimentos em partes e órgãos específicos do corpo humano.
 


Alguns dos principais tipos de cirurgia específica são:
• Cirurgia Cardiovascular: compreende as cirurgias ligadas às doenças que acometem o coração. Geralmente necessita a parada total do coração, o que exige a circulação extracorpórea e apoia-se na oxigenação feita através de aparelhos;
• Cirurgia Crânio Maxilo Facial: envolve procedimentos cirúrgicos relacionados à boca, dentes, maxilares e estruturas faciais, como problemas no dente do siso, desalinhamentos do maxilar e reconstruções de face;
• Cirurgia de mão: está relacionada aos processos e intervenções cirúrgicas ligadas aos membros superiores do corpo humano;
• Cirurgia do aparelho digestivo: refere-se às cirurgias que são realizadas nos órgãos responsáveis por alguma etapa do processo de digestão de alimentos do corpo humano;
• Cirurgia Geral: é a especialidade que atua na área abdominal, videolaparoscópica e de trauma, assim como em atos cirúrgicos de doenças mais comuns;
• Cirurgia Pediátrica: é a responsável pelo tratamento cirúrgico de doenças e acidentes que acometem indivíduos desde seu período fetal até o início de sua vida adulta;
• Cirurgia Plástica: envolve os procedimentos cirúrgicos relacionados a reconstrução de parte do corpo, podendo ser estética ou médica;
• Cirurgia Torácica: compreende os procedimentos cirúrgicos relacionados às patologias da área pulmonar ou torácica, com exceção do coração e de vasos;
• Cirurgia Vascular: envolve as cirurgias para tratamento de enfermidades ligadas às veias, artérias e vasos linfáticos;
• Cirurgia Coloproctológica: é a especialidade que agrupa os procedimentos cirúrgicos na região do intestino grosso, reto e ânus.

 

As fases de uma cirurgia
A cirurgia ocorre através de três fases principais, que visam dar mais segurança e bem-estar ao paciente. São elas:
Pré-operatório: engloba o diagnóstico, com pedido e análise de exames, agendamento da cirurgia e o processo de internação do paciente.
 


Intra-operatório: é relacionada ao tempo em que o paciente estiver diretamente no procedimento cirúrgico. Nela ocorre a diérese, hemostasia, exérese e síntese.
• Diérese: é o conjunto de ações realizadas para o objetivo cirúrgico. É dividida em incisão (abertura do local da cirurgia) e divulsão (separação dos tecidos envolvidos na cirurgia).
• Hemostasia: é o conjunto de atitudes para a interrupção de sangramentos, como compressão, pinçamento e ligadura.
• Exérese: é a retirada do objeto da cirurgia.
• Síntese: é a finalização da cirurgia com o objetivo de devolver as funções e morfologia da área operada através da sutura.
Pós-Operatório: envolve o período de recuperação e acompanhamento, dentro ou fora do hospital, principalmente até o momento da alta do paciente.

A Anestesia
 


Parte fundamental do processo cirúrgico, a aplicação da anestesia é essencial para que o paciente não sinta dor e passe por um procedimento de forma tranquila. Existem três tipos de anestesia:
Anestesia Geral: é indicada em cirurgias complexas e grande porte. Nela, o paciente fica inconsciente, incapaz de se mover e acoplado a um respirador artificial. Como o paciente está fortemente sedado, é como se o cérebro estivesse parcialmente “desligado”.
Anestesia Regional: é usada em cirurgias mais simples, onde é necessário que o paciente fique acordado. Ela bloqueia a dor em apenas uma determinada região do corpo, como braço, perna. Existem dois tipos: raquidiana e peridural.
Anestesia Local: é a mais comum, para bloquear a dor em pequenas regiões do corpo, geralmente na pele. Diferentemente da Geral e da Regional, não é necessário que um anestesiologista atue na aplicação. Não é usada em cirurgias.

Consulte sempre um médico.


Fontes:
UFSC – Centro de Ciências da Saúde - http://cepeme.cirurgia.ufsc.br/files/2015/03/As-fases-da-cirurgia.pdf
Cardiocirurgia - http://www.cardiocirurgia.com/fases-cirurgicas/
Diagnóstico Bucal - http://www.diagnosticobucal.com.br/roteiro/principios_de_cirurgia.htm
Hospital Sírio Libanês - https://www.hospitalsiriolibanes.org.br/hospital/Paginas/orientacoes-paciente-cirurgico.aspx
Amato - https://www.amato.com.br/content/cirurgia-geral
Conceito.de - http://conceito.de/cirurgia
Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-maximo-facial - http://www.bucomaxilo.org.br/site/o-que-e-cirurgia-bmf.php

Guia Médico