Câncer de Mama

A doença
O câncer caracteriza-se pelo crescimento e proliferação das células, que adquirem capacidade suficiente para formar tumores malignos, espalhando-se pelo corpo do paciente. O câncer de mama, por sua, vez é também uma doença celular localizada nas mamas, que são glândulas formadas por lobos.
Este é o câncer que mais matas mulheres no Brasil e, segundo o Instituto Nacional de Câncer, o Inca, a estimativa sobre a incidência de câncer no País será de 576 mil novos casos por ano, sendo 57.120 mil, tumores de mamas. O câncer de mama atinge em maior proporção mulheres acima dos 35 anos, além disso, é importante saber que nem todo nódulo na mama é um tumor maligno, na maioria dos casos ele não foi desenvolvido e tem caráter benigno.
Quando o nódulo for diagnosticado cedo, as chances de cura são muito maiores, por isso é importante fazer exames periódicos para evitar uma doença mais grave.

Tipos de câncer
O câncer de mama não é um só, ele possui diversos tipos e graus de gravidade, por isso é importante estar atento aos exames, pois é ideal saber se a doença está, ainda que no início, localmente avançada: quando uma área já está comprometida, metastática ou quando mais órgãos estão contaminados pelo câncer.
Dentre os tipos de câncer de mama, destacamos alguns:

- Carcinoma Ductal Invasivo
Este tipo de câncer de mama é o mais comum de encontrar, pois pertence a 80% dos casos. Também conhecido como “infiltrante”, este tipo de câncer é formado inicialmente em células do ducto de leite, ou seja, aloja-se nos espaços onde o leite é drenado durante a amamentação. Porém, seu caráter invasivo é caracterizado pela facilidade de se alastrar por outras células, aumentando de tamanho ou até atingindo outros órgãos através de tecido.

- Carcinoma Ductal In Situ
Localizado também no ducto da mama, este tipo de câncer de mama é caracterizado por não ser invasivo, ou seja, não tem o poder de se alastrar pelos tecidos e infectar grandes áreas ou outros órgãos. Porém, ele é considerado um pré-câncer, pois se não observado através de exames, pode tornar-se um invasivo, por isso a importância do conhecimento da doença com antecedência, este é um estágio que tem cura.

- Câncer de mama Inflamatório
Este é um tipo muito raro do câncer de mama, com apenas 3% dos casos, mas muito agressivo. Neste estágio, as mamas do paciente apresentam vermelhidão, regiões febris, geralmente sem nódulo aparente e mamilo invertido. Esse tipo de câncer tem ainda maior probabilidade de disseminação do que o Carcinoma Ductal Invasivo.