Comunicado de reajuste para contratos coletivos com até 29 beneficiários

Comunicado de reajuste para contratos coletivos com até 29 beneficiários

Caro Cliente,Em outubro de 2012, a ANS (Agência Nacional de Saúde) Suplementar publicou a Resolução Normativa nº 309, que estabelece critérios de reajuste para os contratos coletivos empresariais e por adesão com menos de 30 (trinta) beneficiários.

De acordo com a resolução, estes contratos formarão um único agrupamento para cálculo e aplicação de reajuste anual.Esta regra está sendo aplicada desde maio de 2013 e o índice pode sofrer alterações ao fim de cada ciclo, compreendido entre maio do ano vigente e abril do ano posterior.

Para fins da aplicação do reajuste por agrupamento, será apurado, na data do último aniversário do contrato, o número de beneficiários que o integravam naquele momento. Em se tratando do primeiro ano de vigência do instrumento contratual, a apuração será realizada de acordo com o número de beneficiários que aderiram ao plano de saúde na data de celebração do contrato. Cumpre esclarecer que o percentual do reajuste calculado para este agrupamento é único, sendo vedado qualquer tipo de variação, seja para mais ou para menos.

Aproveitamos o ensejo para comunicar que o percentual de reajuste apurado para o novo ciclo foi de 14,37%, a ser aplicado aos contratos com aniversário entre maio de 2016 e abril de 2017.

Nossa Central de Relacionamento Corporativo (CRC) está à disposição para prestar maiores informações, através dos seguintes canais de contato:

Tel. (41) 3021-3003 (Segunda a sexta, das 08h às 18h)

E-mail: apoio.rh@clinipam.com.br.

Clinipam (Clínica Paranaense de Assistência Médica Ltda).

Clique aqui para ver a Relação de Contratos reajustados de maio 2016 a abril 2017.

Clique aqui para ver a Relação de Contratos reajustados de maio 2015 a abril 2016.

Clique aqui para ver a Relação de Contratos reajustados de maio 2014 a abril 2015.

Clique aqui para ver a Relação de Contratos reajustados de maio 2013 a abril 2014.

Clique aqui para ver a Relação de Contratos reajustados de maio 2017 a abril 2018.